Clique aqui para conhecer mais

Artigos e Notícias sobre Pequenos Grupos.

União Sul Brasileira

Site com as notícias da Igreja Adventista.

Estudos Bíblicos

São 8 estudos bíblicos com assuntos diversos para computadores e smartphones.

Ministério Pessoal da DSA

História, Notícias, Materiais e outros.

SITE TEMPLOS DE ESPERANÇA

Conheça o projeto para implantar novas Igrejas no Sul do Brasil.

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Recapitulando com sucesso - Lição 9

Lição 9 do vídeo Recapitulando com Sucesso. Assista ao vídeo que tem o objetivo de ajudar os professores da Escola Sabatina envolver a classe e aprimor o estudo da lição.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Cinema pode incentivar adolescentes a beber

Filmes que mostram o hábito representam um fator de risco maior do que ter pais que bebem ou ter acesso fácil à bebida alcoólica em casa

Astros que consomem uísque, vinho ou cerveja em um filme são uma força invisível, mas potente, que incentivam o consumo de álcool por jovens, afirma um estudo feito na Faculdade de Medicina de Dartmouth, nos Estados Unidos. A pesquisa concluiu que a exposição a cenas com consumo de álcool no cinema é um fator de risco mais influente para que os adolescentes consumam bebida alcoólica do que pais que bebem ou o fácil acesso à bebida em casa. A análise foi publicada nesta semana no periódico BMJ Open, do British Medical Journal.

O estudo realizou ligações confidenciais com mais de 6.500 americanos escolhidos aleatoriamente com idade entre 10 e 14 anos, que foram entrevistados mais de três vezes ao longo de dois anos. Os adolescentes foram questionados sobre que grandes filmes haviam assistido com cenas envolvendo álcool ou propagandas de bebidas, e também sobre sua personalidade, escola e vida familiar.

Uma lista com 50 filmes foi usada na entrevista a partir de uma escolha aleatória entre 500 sucessos recentes de bilheteria e mais outros 32 filmes que tinham arrecadado pelo menos 15 milhões quando o primeiro levantamento foi realizado.

Os pesquisadores avaliaram a exposição do álcool em filmes, baseado no consumo ou aquisição, real ou implícito, da personagem. Eles descobriram que os jovens ficaram, em média, expostos por quatro horas e meia. Muitos viram um total de mais de oito horas.

Resultados — Durante os dois anos de duração do estudo, a porcentagem dos participantes que passaram a consumir álcool cresceu de 11% para 25%. A proporção dos que começaram a beber excessivamente, definido como cinco ou mais doses consecutivas, subiu de 4% para 13%.

Os pesquisadores observaram que a exposição ao álcool em filmes correspondeu ao terceiro maior fator de risco para o consumo desse tipo de bebida entre adolescentes, sendo mais perigosa do que ter pais ausentes ou pais que bebem, ter muito dinheiro em mãos, ou ainda ter álcool disponível em casa. O principal fator de risco foi o consumo de álcool entre os colegas.

Filmes com cenas de consumo de bebida alcoólica foram responsáveis por 28% do início do consumo de álcool e 20% da transição para o seu uso constante. Além disso, os adolescentes que assistiram a mais filmes contendo álcool estavam duas vezes mais predispostos a começar a beber do que aqueles que foram menos expostos. Eles também estavam 63% mais predispostos a avançar para o seu consumo excessivo.

"No cinema, o álcool é tipicamente associado a situações positivas, sem efeitos negativos, e frequentemente são exibidas as marcas das bebidas, o que promove nos jovens tanto a identificação quanto a lealdade à marca", afirma o estudo. "A aquisição de uma mercadoria com propaganda de álcool, como uma peça de roupa com uma marca de bebida sobre ela, pode favorecer o processo".

No total, 61% dos filmes de Hollywood exibem o produto de alguma forma. Os produtores não podem usar tabaco, no entanto, não há nenhuma restrição para o uso de álcool. Pelo fato de mais da metade da receita de Hollywood vir da distribuição para outros países, sobretudo na Europa, Japão, Canadá, Austrália, Brasil e Coreia do Sul, os pesquisadores chamam a atenção para o poder do incentivo ao consumo de álcool se espalhar ao redor do mundo. (Veja)

Nota: O consumo de álcool não é recomendado pela Bíblia (Provérbios 23:30-35). A abstinência sempre é o caminho seguro. Além disso a pesquisa acima mostra, de maneira indireta, que o cinema pode influenciar não só o consume de álcool mas também a violência, a promiscuidade, o espiritismo, entre outros. Pense nisto na hora de escolher seus filmes! - Pr. Evandro Fávero

O Poder da vontade

“Porque, se há boa vontade, será aceita conforme o que o homem tem e não segundo o que ele não tem.” II Coríntios 8:12

O que você faria se lhe pedissem para levantar 83 quilos? Diria: “Eu não tenho força” ou “Eu não tenho força suficiente para levantar isso”?

O levantamento de peso requer nada menos que músculos. Seu objetivo é levantar o máximo de peso, superar os próprios limites e desafiar o corpo. A prova tem duas partes: arranque, em que de uma única vez o atleta levanta a barra acima do corpo e arremesso, que exige mais força e precisa durar pelo menos três segundos.

Pelo prazer de uma medalha, esses atletas têm três chances de levantar pesos superiores aos de seu próprio corpo e às vezes até o dobro, no melhor tempo.

Voltando ao início, não ter força suficiente talvez seja a resposta mais apropriada, pois a força, ainda que pequena, treinada e disciplinada pode vir a se tornar suficiente para que se levante um grande peso.

Quando rejeitamos um desafio por nos sentirmos frágeis, não significa que não tenhamos força de vontade para encará-lo. Talvez essa força seja ainda insuficiente e precise de treino. E depende de escolhermos exercitá-la ou não.

Muitas coisas não acontecem em nossa vida porque escolhemos não treinar a força da vontade. Grandes e variados são nossos desafios, a começar com a luta contra nós mesmos, nosso egoísmo, nossos hábitos nocivos, nossa negligência em nos apropriar da força que vem do Alto e de nos submetermos a Ele.

E os desafios que encontramos no relacionamento com nossa família, com nossos colegas, na resolução dos impasses que surgem, na busca de alcançar nossos alvos diante de Deus?

Um campeão em levantamento de peso se define pela força exercitada que o faz levantar o máximo de peso. E você já pensou como se define um campeão? A inspiração responde: “A impossibilidade está em vossa própria vontade. Se não quiserdes, não vencereis. A dificuldade real vem da corrupção de um coração não santificado, e da involuntariedade de se submeter à direção de Deus.” PJ, 331 “Você só precisa compreender a verdadeira força da vontade. Este é o poder que governa a natureza do homem: o poder de decidir e escolher. Tudo depende da ação correta da vontade. O poder de escolha que Deus deu ao ser humano deve ser exercitado...’’ CC, 47

Que sejamos vitoriosos, pela graça de Deus, exercitando o dom que Ele nos deu de escolher, de exercer corretamente a ‘vontade de nos submeter constantemente à vontade de Deus’.

Pr. Gilson Grüdtner

Associação Paulista Sudoeste/UCB

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Lares de Esperança - Testemunho de Conversão

"Uma atitude aparentemente sem muito valor ou sentido, pode se transformar em um ponto decisivo para a vida daqueles que confiam sua existência aos cuidados do Salvador." Assista a esse vídeo e comprove isto:

Dicas para começar um bom hábito

1. Defina seus motivos de desejar tal hábito.

2. Reúna citações inspiradoras acerca do hábito que deseja desenvolver, e figuras de pessoas que já o possuem.

3. Descubra um amigo que também deseja desenvolver o mesmo hábito, encorajando um ao outro.

4. Escreva bilhetinhos estimulantes para si mesmo, sobre seu objetivo.

5. Pense sobre as melhores maneiras de trabalhar em seu novo hábito, e as realize com vigor.

6. Ore sobre sua intenção pedindo que o Senhor seja seu parceiro.

7. Recompense seu progresso com auto-aprovação e oração de gratidão.

(Blog do Amilton)

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Sete alimentos que aceleram o metabolismo

Se você quer emagrecer, nem pense em pular o jantar ou viver de alfa! O sucesso do seu plano para dar um fim nas gordurinhas não depende só das calorias que você consome. O metabolismo, ou seja, o modo como o seu organismo transforma essas calorias em energia, tem papel fundamental.

A alimentação é um dos fatores decisivos para mantermos a saúde em dia e, consequentemente, a beleza. Uma dieta equilibrada deve se basear em sete alimentos que têm ação potencial na modulação da composição corporal e no controle do apetite.

Veja quais são os alimentos que aceleram o metabolismo e inclua em sua lista do supermercado.

1. Azeite de Oliva - Alimento rico em ácidos graxos insaturados, seu consumo é recomendado devido a sua boa quantidade de antioxidantes e os efeitos positivos de seus ácidos graxos monoinsaturados sobre a hipertensão arterial e perfil lipídico.

2. Oleaginosas - Nozes, amêndoas, castanhas, avelãs, castanha do pará - seu conteúdo de ácidos graxos monoinsaturados envolve aumento do gasto de energia basal e da termogênese induzida pela dieta.

- As nozes são ótima fonte de vitamina E, potássio e proteína vegetal.
- A castanha-do-Pará fornece o mineral selênio, que é antixiodante, magnésio e ácido graxo ômega 3 benéfico para a saúde.
- Avelãs e amêndoas também são ricas em potássio e vitamina E.
- Devem fazer parte da alimentação diária por seu valor funcional mas lembrando sempre apresentam alto teor de calorias.

3. Chá verde - apresenta poder antioxidante, possui compostos que colaboram na redução do LDL. Podendo contribuir na redução do risco de câncer e doenças cardiovasculares.

4. Frutas e vegetais amarelos, laranja e vermelho
- Mamão, batata doce, manga, cenoura, tomate, laranja.

Atuam como poderosos antioxidantes.
- O tomate possui licopeno, que esta relacionado a diminuição dos riscos de câncer de próstata, pulmão e esôfago. Os produtos prontos de tomate, como molhos prontos se apresentam com carotenóides em maior biodisponibilidade, além de serem fontes de fibras que promovem redução do esvaziamento gástrico e, portanto, diminuem a sensação de fome. Estudos mostram que acréscimo de 14g de fibras esta associado a10% da ingestão calórica e a uma perda de 2 a 4 kg em 4 meses
- Suco de laranja atua como agente quimiopreventivo, atua na desintoxicação enzimática do fígado.

5. Frutas e vermelho azulados; repolho roxo, uva roxa, suco de uva - possuem flavonóides que varrem os radicais livres e protegem os tecidos contra esses radicais livres

6. Soja - os fitoestógenos presentes na soja atua como antioxidantes, bloqueadores de carcinógenos e podem ajudar a prevenir câncer relacionados à hormônios como os de mama, ajuda a reduzir os risco de doenças cardiovasculares, colabora nos incômodos da menopausa.

7. Peixes - Os peixes ricos em ômega 3, como a sardinha, o bacalhau e o salmão, previnem infartos e derrames, ao baixar os níveis de triglicérides e de LDL. [Revista Boa Forma - e USB]

Dia de Oração e Jejum - Vídeo Promocional

"As trevas do maligno envolvem os que negligenciam a oração. As sutis tentações do inimigo os incitam ao pecado; e tudo isso por não fazerem uso do privilégio da oração, que Deus lhes conferiu. Por que deveriam os filhos e filhas de Deus ser tão relutantes em orar, quando a oração é a chave nas mãos da fé para abrir o celeiro do Céu, onde se acham armazenados os ilimitados recursos da Onipotência? Sem oração constante e diligente vigilância, estamos em perigo de tornar-nos descuidosos e desviar-nos do caminho verdadeiro. O adversário procura continuamente obstruir o caminho para o trono da graça, para que não obtenhamos, pela súplica fervorosa e fé, graça e poder para resistir à tentação." Caminho a Cristo, 94,95.

Por isso, participe do Dia de oração e Jejum.

Assista ao Vídeo abaixo para saber mais:

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Resumo da lição 8 da Escola Sabatina

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT

Título: Cuidando da Criação


Texto-chave

“O Senhor Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e cultivá-lo” (Gn 2:15)

Objetivos

1. Conhecer os fundamentos bíblicos sobre a importância de cuidar do meio ambiente.

2. Sentir o valor do meio ambiente e o desejo de cuidar dele como mordomo da propriedade de Deus.

3. Viver de maneira simples respeitando os recursos naturais como dom de Deus e minimizar o impacto negativo do consumismo.

Verdade Central

Visto que Deus criou o mundo para ser um lar, não somente para nós, mas para as plantas e animais, e nos pediu que fôssemos mordomos da natureza, temos a responsabilidade de respeitar e cuidar do ambiente de tal maneira que glorifique a Deus.

Domingo: Movimento de libertação da lagosta!

Como devemos nos relacionar com as preocupações ambientais?

 Devemos ser equilibrados não indo para os extremos. Não fazer da terra um deus e nem tratar de sua preservação com desleixo.

 A Bíblia é muito clara: este mundo, a terra não durará. Está destinada a ser destruída por Deus, que promete renová-la, recriá-la e fazer um “novo céu e uma nova terra. (Apoc. 21:1)”

Segunda-feira: Declaração sobre o cuidado da criação

Como os adventistas do sétimo dia consideram a questão do meio ambiente?

 Os adventistas crêem que a espécie humana foi criada a imagem de Deus, representando assim Deus como seus mordomos, para dominar o ambiente natural de maneira fiel e produtiva.

 Os adventistas defendem um estilo de vida simples e saudável, no qual as pessoas não participam da rotina do consumismo desenfreado, do acúmulo de bens e da produção exagerada de lixo. Pedimos que haja respeito pela criação, restrição no uso de recursos naturais, reavaliação das necessidades e reiteração da dignidade da vida cristã. (Declaração divulgada durante a assembleia realizada em Utrecht, Holanda, de 29 de junho a 08 de julho de 1995)

Terça-feira: Cuidando da criação

O que significa ser mordomo de Deus com relação ao meio ambiente?

 O homem recebeu a terra como um presente de Deus para viver, mas não como um meio de exploração ou uso para propósitos egoístas.

 Na relação do meio ambiente, Adão devia cultivar e guardar a terra (Gn 2:15).

 A palavra guardar na sua raiz hebraica significa cuidar, preservar e proteger.

Quarta-feira: Sábado e meio ambiente

Porque a guarda do sábado ajuda no cuidado da criação e contenção da ambição de explorar o meio ambiente?

 O sábado está relacionado com a lembrança de que Deus criou o mundo, o que deve nos conscientizar sobre como tratar o meio ambiente.

 O sábado é um poderoso lembrete semanal de que a vida não é apenas ganhar dinheiro, mas também nos abster de atividades que prejudicam a terra.

Quinta-feira: O domínio da humanidade

Gênesis 1:28 diz que eles deviam encher a terra. O hebraico literal significa completar a terra. Como podemos entender isso em relação à questão de como o ambiente deve ser tratado?

 A humanidade devia dominar a terra sob o poder e a direção do Senhor.

 Quaisquer que fossem as implicações de sujeição e domínio, não envolviam a destruição do mundo, pois foram orientações dadas em um período anterior ao pecado.

Conclusão

1. Como seres humanos somos mordomos de Deus, responsáveis pelo cuidado de sua Criação.

2. Devemos influenciar as pessoas ao nosso redor a cuidar e preservar o meio ambiente.

3. Devemos guardar o sábado como uma lembrança do verdadeiro criador do universo e da terra.

Pr. Luiz Damasceno
Departamental de Escola Sabatina na ANC

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Recapitulando com sucesso - Lição 8

Assista ao vídeo Recapitulando com Sucesso. Este projeto tem o objetivo de ajudar os professores da Escola Sabatina em itens como contextualização dos temas e sugestão de atividades para envolver a classe.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Jejum pode ajudar a proteger cérebro, diz estudo

Jejuar um ou dois dias por semana pode proteger o cérebro contra doenças degenerativas como mal de Parkinson ou de Alzheimer, segundo um estudo realizado pelo National Institute on Ageing (NIA), em Baltimore, nos Estados Unidos.

"Reduzir o consumo de calorias poderia ajudar o cérebro, mas fazer isso simplesmente diminuindo o consumo de alimentos pode não ser a melhor maneira de ativar esta proteção. É provavelmente melhor alternar períodos de jejum, em que você ingere praticamente nada, com períodos em que você come o quanto quiser", disse Mark Mattson, líder do laboratório de neurociências do Instituto, durante o encontro anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência, em Vancouver.

Segundo ele, seria suficiente reduzir o consumo diário para 500 calorias, o equivalente a alguns legumes e chá, duas vezes por semana, para sentir os benefícios.

O National Institute of Ageing baseou suas conclusões em um estudo com ratos de laboratório, no qual alguns animais receberam um mínimo de calorias em dias alternados.

Estes ratos viveram duas vezes mais que os animais que se alimentaram normalmente.
Insulina

Mattson afirma que os ratos que comiam em dias alternados ficaram mais sensíveis à insulina - o hormônio que controla os níveis de açúcar no sangue - e precisavam produzir uma quantidade menor da substância.

Altos níveis de insulina são normalmente associados a uma diminuição da função cerebral e a um maior risco de diabetes.

Além disso, segundo o cientista, o jejum teria feito com que os animais apresentassem um maior desenvolvimento de novas células cerebrais e se mostrassem mais resistentes ao stress, além de ter protegido os ratos dos equivalentes a doenças como mal de Parkinson e Alzheimer.

Segundo Mattson, a teoria também teria sido comprovada por estudos com humanos que praticam o jejum, mostrando inclusive benefícios contra a asma.

"A restrição energética na dieta aumenta o tempo de vida e protege o cérebro e o sistema cardiovascular contra doenças relacionadas à idade", disse Mattson.

A equipe de pesquisadores pretende agora estudar o impacto do jejum no cérebro usando ressonância magnética e outras técnicas. (BBC Brasil)

Nota: A Bíblia recomenda o jejum para benefício espiritual e também físico (Daniel 1:8-16). Ellen White escreveu que "algumas pessoas terão mais proveito com abster se de todo alimento durante um ou dois dias na semana, do que com qualquer quantidade de tratamentos ou orientação médica. O jejum de um dia na semana ser-lhes-ia de proveito incalculável." Conselhos sobre Saúde, 477.

Mas, além disso, há outro jejum que todos nós deveríamos experimentar: "O verdadeiro jejum, que deve ser recomendado a todos, é abstinência de qualquer espécie estimulante de alimento, e o uso apropriado de alimento saudável e simples, que Deus proveu em abundância. Os homens precisam pensar menos no que comer e beber em matéria de alimento temporal, e muito mais em relação ao alimento do Céu, que dará tono e vitalidade a toda a experiência religiosa." Medicina e Salvação, pág. 283. Pense nisto! - Pr. Evandro Fávero

O BBB ficou refém do sexo

O site da Veja, postou uma matéria escrita por João Marcello Erthal e Cecília Ritto sobre o conteúdo do Big Brother Brasil onde comentam que o Big Brother Brasil ficou refém do sexo.

Segundo a matéria "o site do BBB e a edição se encarregam de mostrar para o Brasil que acabou a censura. A mensagem é a seguinte: veja o que você está perdendo se não está vendo o BBB."

A matéria explica que a equipe do BBB faz uso do sexo pois precisam de "algo que motive a audiência. [...] Afinal, sem sexo, o telespectador não quer."

"A Globo até tentou. Depois das cenas da suspeita de abuso sexual." [...] Não deu certo, e é provável que o perfil ‘pouca roupa, muita disposição’ da fórmula de Boninho tenha sido decisivo para o programa se tornar refém desse tipo de perfil. Em um momento raro do BBB, a edição da noite de quinta-feira mostrou as cenas mais leves do sexo entre Laisa e Yuri. [...]

"Nem sempre foi assim. Nas primeiras edições havia a disposição da produção em dar visibilidade a pessoas mais comuns, menos preocupadas com a academia, e com o objetivo de ganhar o prêmio de 500 mil do programa. As mulheres interessadas em posar nuas sempre fizeram parte do elenco montado por Boninho, mas não eram a maioria nas edições. [...]

"Antes, havia participantes escolhidos por sorteio ao vivo. [...] A preferência agora é por sarados ou participantes com histórico de pavio curto para incendiar a casa. [...]

"A conclusão óbvia é de que o programa, no formato atual, é carente de histórias. Quem é mocinho? Quem é vilão? Em vez disso, a pergunta é quem vai pegar quem. E só. Repete-se assim a rotina: manhã com sol, piscina e academia, tarde de ócio, festa e bebedeira, movimentos no edredom. Se até os brothers enjoam, imagine o público."

Nota: A TV brasileira tem se rendido ao vulgar e a promiscuidade. O Big Brother é um exemplo disso. São poucas as TVs que se precocupam com o conteúdo do que apresenta. Programas como o citado acima tem apenas o objetivo de ganhar a audiência para ganhar dinheiro. Que tal se você, ao invés de perder tempo com a TV, investisse seu tempo lendo um bom livro. Lembre-se do conselho bíblico: "Finalmente irmãos tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento." Filipenses 4:8. Em tempo: Se quiser ver uma boa televisão, experimente a TV Novo Tempo - Pr. Evandro Fávero

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

É só um pouco mais

“Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em Mim. Na casa de Meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, Eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar.”
João 14:1-3

Ao ligar a televisão e ver os principais noticiários nestes últimos dias, fiquei tremendamente impressionado com as constantes notícias tristes que estão acontecendo em todos os cantos e recantos deste mundo globalizado.

Só para recordarmos um pouco: enchentes em várias cidades com mortes e um número enorme de desabrigados; relâmpagos que ultimamente tem atingido muitas pessoas; violência doméstica resultando em lares desestruturados; abuso de poder, principalmente vindo daqueles que deveriam nos dar proteção e segurança; falsos taxistas que estupram seus passageiros; e por aí vai.

Este é o mundo em que eu e você estamos inseridos. Um mundo no qual temos medo de sair de casa, andamos com os vidros do carro fechados, um mundo que temos medo de receber alguém em casa, etc.

Sabe, estou cansado deste mundo onde as pessoas estão cada dia mais egoístas, amantes dos prazeres. Estou cansado de viver em um mundo onde o amor ao próximo não existe mais. Um mundo onde para alguns a vida vale menos do que R$ 1,00.

Fiquei impressionado ao perceber que no mundo todo as pessoas estão vivendo com medo do amanhã. E neste, caso a televisão tem sido um importante meio de propaganda do inimigo. Com suas notícias trágicas ou de crises nacionais, ele vem passar a idéia de que não temos esperança em ninguém e em lugar nenhum, que estamos totalmente perdidos.

Mas mesmo em meio a tanta desilusão, quero dar-lhes uma boa notícia. Nem tudo está perdido, pois a Equipe de Resgate já está a caminho! Miguel e Seus anjos estão prontos para nos tirar deste mundo de trevas, trazer de volta nossos entes queridos, renovar nossa esperança, e sim, poderemos viver em paz e segurança para todo sempre!

"A dor não pode existir na atmosfera do Céu. Ali não mais haverá lágrimas, cortejos fúnebres, manifestações de pesar. “Não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor… porque já as primeiras coisas são passadas.” (Ap 21:4) “E morador nenhum dirá: Enfermo estou; porque o povo que habitar nela será absorvido da sua iniqüidade.” (Is 33:249" GC, 676

Que promessa maravilhosa! Dentro em breve, só um pouquinho mais de tempo, poderemos gozar das alegrias celestes. No entanto, se somos portadores dessa bendita esperança, não poderemos ficar calados. Vamos agir como os leprosos nos dias do profeta Eliseu, em que abundava grande fome em Samaria. "Então disseram uns para os outros: 'Não fazemos bem; este é dia de boas-novas, e nos calamos? Vamos e anunciemos ao rei." (II Rs 7:9)

Vamos soar bem alto que, embora este mundo tenha realmente muita dor, sofrimento, misérias, guerras, enfim, tudo isso irá acabar. Jesus virá nos buscar e que alegria será vivermos lado a lado com pessoas que levamos a Cristo!

"O grande conflito terminou. Pecado e pecadores não mais existem. O Universo inteiro está purificado. Uma única palpitação de harmonioso júbilo vibra por toda a vasta criação. DAquele que tudo criou emanam vida, luz e alegria por todos os domínios do espaço infinito. Desde o minúsculo átomo até ao maior dos mundos, todas as coisas, animadas e inanimadas, em sua serena beleza e perfeito gozo, declaram que Deus é amor." GC, 678

É só um pouco mais de tempo e Jesus virá buscá-lo! Creia nisso e pregue essa mensagem!

Pr. Adeilton Carlos Silva
Associação Paulista do Vale - UCB

Resumo da lição número 7 da Escola Sabatina

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT

Título: Senhor do Sábado


Texto-chave

“O sábado foi estabelecido por causa do homem, e não o homem por causa do sábado; de sorte que o Filho do homem é senhor também do sábado”. Mc 2:28

Objetivos

1. Mostrar que o sábado é uma dupla revelação de Cristo como nosso Criador e Redentor.

2. Mostrar que o sábado perpassa toda a Bíblia, não somente Êxodo 20.

3. Mostrar que a santificação do sábado é um reconhecimento da soberania de Deus em nossa vida.

Verdade Central: O Sábado é o sinal entre Deus e o seu povo.

Domingo: O sábado em Gênesis

Será que existe diferença entre o Sábado e os demais dias?
Deus diferenciou em 3 ações básicas. Ele criou todos os dias, mas o sábado Ele:
• Descansou.
• Abençoou.
• Separou - tornou Santo.

Segunda-feira: O sábado em Êxodo

O benefício do descanso, da benção e da separação desse dia alcança a comunidade como um todo.

Moisés apresenta o Sábado como uma solução pessoal mas, além disso como uma saída para os problemas sociais de segregação que havia no Egito.

• O Sábado não faz distinção entre castas.
• O Sábado não faz distinção entre sexos.
• O Sábado não faz distinção entre comandantes e comandados, mesmo entre nossa relação homem e animal.

Terça-feira: O sábado em Deuteronômio

Nós adventistas, para provar o sábado normalmente usamos Êxodo 20, mas esta mesma lei é repetida em Deuteronômio, só que com uma diferença marcante.

Qual a diferença entre Êxodo e Deuteronômio?

• Em Gn e Ex - O mandamento é colocado sem o contexto de pecado = Celebração.
• Em Dt - No contexto de pecado = Celebração e Libertação.

Quarta-feira: Jesus e Seu sábado – parte 1

Como Jesus relacionou o sábado também como um dia de libertação?

• Ele curava os oprimidos no sábado.
• Deus sabe que os outros dias da semana são dias que corremos para ganhar o sustento, mas no sábado não precisamos nos preocupar com isso.

Quinta-feira: Jesus e Seu sábado – parte 2

No ministério de Jesus nós encontramos 3 personagens:

• Os legalistas - mais ritos e formas, menos pessoas.
• Os relaxados - indiferença geral.
• E os discípulos - adoração e amor as pessoas.

Com qual desses personagens você acha que a nossa igreja se identifica? E você?

Conclusão

1. A cada sábado Deus nos convida para sermos recriados e salvos através da sua graça.
2. O Sábado nos liberta da tirania do tempo e do egoísmo.
3. O Sábado é o tempo que Deus nos dá para adorá-lo em louvor na igreja e em serviço fora da igreja.

Pr. Alex Palmeira
Departamental de Escola Sabatina na ASP

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Recapitulando com sucesso - Lição 7

Recapitulando com Sucesso é um projeto para ajudar os professores da Escola Sabatina a recapitular a lição. O objetivo do vídeo é oferecer aos docentes itens como contextualização dos temas e sugestão de atividades para envolver a classe. Assista ao vídeo:

A nova aliança no meu sangue

“Semelhantemente, depois de orar, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é a nova aliança no meu sangue; fazei isto todas as vezes que beberdes, em memória de mim.” I Coríntios 11:25

As raízes da Ceia do Senhor vêm do Velho Testamento (Gn 12:1-3; 15:9-18), e consequentemente todos os povos faziam aliança entre si com base no modelo deixado por Deus. Concerto: Deus x Abraão.

Se a Bíblia fosse escrita hoje, com certeza iria aparecer nomes como Barack Obama, Sarkozy, Inglaterra, Rússia, etc.

Existiam dois pactos principais entre as pessoas:

1 – Pacto de Paridade ou Igualdade: Quando as duas partes se equivaliam em poder financeiro, político, cultural, etc. Como por exemplo: Grã- Bretanha e França.

2 – Pacto por Vassalagem – EUA x Haiti. Quando Deus fez o pacto com Abraão, era de vassalagem. Quando eram dois grandes, eles sentavam e conversavam. Quando o primeiro era muito forte, o mais fraco simplesmente aceitava tudo ou nada. (Geralmente aceitava integralmente.)

Para realizar ambas alianças, existia uma cerimônia:

1- Era escolhido um lugar;

2- O mais forte estabelecia as regras;

3- O pequeno não podia fazer nenhuma alteração;

4- O tratado era feito em duas cópias escritas em tábuas de pedra ou barro;

5- Esta era colocada numa caixa no pé da divindade, para que o seu deus ficasse vigiando;

6- Havia a cerimônia do sangue que podia ser:

a) Os dois cortavam o pulso e davam o sangue na boca do outro para dizer: somos irmãos de sangue (um não pode trair o outro).

b) Um animal morria e eles banhavam as mãos no sangue.

A cabeça do animal ficava dentro da caixa e se dizia: Aqui não está a cabeça do carneiro, mas a cabeça de sua esposa, filhos, caso você quebre o concerto. Havia imprecações (Dt 28) como a de que se você não for fiel uma serpente vai te picar.

Existe um certo misticismo na alimentação (no caso do pão da Ceia), porque se duas pessoas comem o mesmo pão, daqui um certo tempo uma pequena gotinha de sangue vai correr na minha e na sua veia, isto quer dizer que temos algo em comum.

A solução do ser humano é aceitar pela fé a salvação oferecida gratuitamente ao homem, através do sangue precioso de Cristo Jesus.

Até hoje ninguém conseguiu obedecer a lei de Deus (nem Abraão), e consequentemente mereceríamos a morte eterna. Graças a Deus que Ele fez um pacto de igualdade com Jesus, e Ele obedeceu integralmente e nos oferece, nos imputa sua justiça independente das obras da lei. “Abraão creu em Deus e isto lhe foi imputado para justiça”. (Rm 4:3)

Aproveitemos esta chance de alcançarmos o Céu.

Que Deus te abençoe.

Pr. Edson Edy I. Ribeiro
Associação Paulista Sul – UCB

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Dieta calórica pode dobrar o risco de problemas de memória em idosos

Segundo um novo estudo realizado por pesquisadores da Clínica Mayo, idosos que têm uma dieta calórica podem chegar a dobrar os riscos de sofrerem perda de memória ou comprometimento cognitivo leve. A pesquisa foi divulgada nesta segunda-feira pela Clínica Mayo e será apresentada no 64º Encontro Anual da Academia Americana de Neurologia, em abril deste ano.

Para chegarem a essa conclusão, os pesquisadores selecionaram 1.233 pessoas de 70 a 89 anos livres de qualquer demência. Os participantes relataram, em um questionário, o que comiam e bebiam em um dia e, depois, foram divididos em três grupos de acordo com o consumo calórico diário de cada um. Um dos grupos ingeria de 600 a 1.526 calorias ao dia; o outro, de 1.526 a 2.143; e o último grupo, entre 2.143 e 6.000.

Os autores do estudo observaram que a probabilidade de as pessoas que consumiam mais calorias terem comprometimento cognitivo leve mais que duplicou em relação àquelas que menos ingeriam calorias. No entanto, não foram encontradas relações significativas entre o grupo do meio e os outros dois.

“Observamos um padrão indicando que, quanto mais calorias ingeridas ao dia, maior a probabilidade de um idoso ter comprometimento cognitivo leve”, afirma o coordenador do estudo, Yonas Geda. “Cortar calorias e comer alimentos que compõem uma dieta saudável pode ser uma maneira fácil e mais simples de evitar problemas de perda de memória na medida em que envelhecemos”, diz o pesquisador. [Veja]

Nota: É bom lembrar que, ao criar o homem, Deus planejou para ele o melhor alimento. "E disse Deus ainda: Eis que vos tenho dado todas as ervas que dão semente e se acham na superfície de toda a terra e todas as árvores em que há fruto que dê semente; isso vos será para mantimento." Gênesis 2:29. E Ellen White escreveu que "nos cereais, nas frutas, nas verduras e nas nozes, encontram-se todos os elementos alimentares de que necessitamos. Se viermos ao Senhor em simplicidade de mente, Ele nos ensinará como preparar alimentos saudáveis, livres da contaminação de alimentos cárneos." Conselhos sobre Regime Alimentar, 92. Pense nisto. - Pr. Evandro Fávero

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Quando todos vão embora

“E, voltando para os seus discípulos, achou-os adormecidos; e disse a Pedro: Então, nem uma hora pudeste vigiar comigo?” Mateus 26:40

Como é interessante observar as pessoas ao lado de alguém que está em ascensão social, profissional ou econômica. Todos querem sair juntos na foto ou sentar ao lado.

Mas observem alguém que está sofrendo um revés profissional, um fracasso financeiro, uma queda na popularidade. Quantos ficam ao seu lado? Quantos querem ser vistos com ele ou ser relacionados como amigos dele?

Os verdadeiros amigos são aqueles que ficam ao nosso lado no declínio. Devo dizer que são poucos. Poucas são as mãos sobre o ombro quando delas mais precisamos.

Jesus, o Sumo Pastor, sentiu na pele a necessidade humana de companhia e a dor do abandono. Não só a multidão da entrada triunfal havia desaparecido, mas os amigos mais chegados dormiram enquanto Ele mais anelava o apoio deles.

O anelo humano de ser ouvido e compreendido em suas mais árduas lutas é uma necessidade do ministro de Deus.

Como é confortador receber a atenção de alguém nas horas difíceis, quando tudo parece desabar ao redor. Quando quase todos foram embora, e esse alguém ficou ao nosso lado em meio às provas da vida.

Mas, às vezes, nenhum humano entende nossa situação. A experiência da vida me tem mostrado que há momentos quando apenas Ele fica, sim Ele que experimentou a solidão e o abandono no Getsêmani.

“Em meio de todas as nossas provações, temos um infalível Ajudador. Não nos deixa lutar sozinhos com a tentação, combater o mal, e ser afinal esmagados ao peso dos fardos e das dores. Ele diz: Suportei as vossas dores, experimentei as vossas lutas, enfrentei as vossas tentações.

Conheço as vossas lágrimas; também Eu chorei. Aqueles pesares demasiado profundos para serem desafogados em algum ouvido humano, Eu os conheço. Não penseis que estais perdidos e abandonados. Ainda que vossa dor não encontre eco em nenhum coração na Terra, olhai para Mim e vivei”. DTN, 483

Reavivamento também significa ressurgir da caverna de Horebe, rumo à vitória.

Pr. Celso Knoener
Associação Paulista Sul - UCB

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Resumo da lição número 6 da Escola Sabatina

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT

Título: Deus, o Legislador


Texto-chave

“Porque o Senhor é o nosso Juiz, o Senhor é o nosso Legislador, o Senhor é o nosso Rei; Ele nos salvará” (Is 33:22).

Objetivos

1. Descrever o caráter imutável de Deus, como revelado em Sua Lei;

2. Aceitar a instrução da Lei, quando ela ensina acerca da nossa necessidade de um Salvador, e nos alegrarmos na Lei, uma vez que ela nos protege e nos liberta para que estejamos verdadeiramente em Cristo.

Verdade Central

A Lei de Deus é uma expressão do Seu amor, e quando amamos como Deus nos ama, realmente revelamos a Lei em toda a sua beleza e poder.

Domingo: A Lei no Sinai

O decálogo foi entregue por Deus entre magníficas manifestações de luzes, trovões, relâmpagos, terremotos, fogo e fumaça, precedido de advertências divinas e informações (instruções para específico preparo). O subir no monte de Moisés e o dedo de Deus ao escrever o decálogo o faz diferente Ex 19:16-19 - Revista do Ancião, jan-fev, p. 15, 2000.

A Lei não produz pecado, pelo contrário, pela Lei vem o pleno conhecimento do pecado.

 Deus Se propunha fazer da ocasião em que falaria a Sua Lei uma cena de terrível grandeza, à altura do exaltado caráter da mesma. PP, p. 303.

 Tais foram os sagrados preceitos do Decálogo, proferidos entre trovões e chamas, e com maravilhosa manifestação de poder e majestade do grande Legislador. Deus acompanhou a proclamação de Sua lei com mostras de Seu poder e glória, para que Seu povo nunca se esquecesse daquela cena, e tivesse a impressão de uma profunda veneração pelo Autor da lei, o Criador do Céu e da Terra. Desejava mostrar também a todos os homens a santidade, a importância e a permanência de Sua lei PP, p. 309.

 Assim a função da Lei é oportunizar um estágio preparatório para reconhecermos nossos pecados, e assim estar facilitando nossas vidas para um curso superior, ou seja: Conhecer a Jesus Cristo e Sua Graça, revelando aos homens através da Lei a sua pecaminosidade e incapacidade, também lhes revela sua necessidade daquela libertação que somente a graça de Deus pode efetuar.

Segunda-feira: A Lei antes do Sinai

Gn 3:1-3. A instituição do sétimo dia antecede a promulgação de todas as leis, isto é, as leis cerimoniais mosaicas e mais especificamente, o próprio decálogo.

Ex 16:1-30. O envio do maná e as instruções sabáticas relacionadas com ele precederam a entrega das tábuas da Lei e, particularmente o quarto mandamento.

 Lembra-te significa existência antes.

 E hoje, devo guardar o sábado? Senão, posso matar, roubar e transgredir todos os mandamentos do decálogo, pois a Lei/sábado do Gênesis é a mesma Lei/sábado do Êxodo.

Terça-feira: O Sábado antes do Sinai

Reflita em dois textos que falam do sábado. Ex. 20:8-11. Nós encontramos três verbos no último versículo: descansou, abençoou, santificou. Descansou: A ideia aqui é que Deus cessou seu trabalho. Deus também abençoou o dia de sábado. Nenhum dia foi abençoado, nem a sexta-feira ou o domingo... Deus fez uma terceira coisa: Deus santificou o sábado, ou seja: separou para fins sagrados. O verbo santificar na bíblia é o mesmo que separar.

Por exemplo: o santuário na bíblia é santo porque é uma casa separada das demais construções. Nas demais as pessoas moram, mas na igreja, no santuário as pessoas adoram a Deus. O dizimo também é separado. É um dinheiro separado do outro dinheiro. É usado para fins sagrado para que fosse ocupado para fins sagrados e nosso relacionamento com Deus.

O texto mais importante sobre o assunto do sábado não é Gn 20: 8-11 e sim Gn. 2:1-3. O verso 3 repete os três verbos: descansar, abençoar e santificar. Observe este detalhe: DIA= Tempo que a terra leva para dar um giro em torno dela mesma. MÊS= O mês é o tempo que a lua leva para dar um giro em volta da terra. ANO= Um ano é o período de tempo que a terra leva para dar um giro em torno do sol. Dia, mês e ano tem a ver com giro de corpos celestes. E A SEMANA= Nada a ver com isso. Desde sempre é uma lembrança da criação e sempre com 7 dias, com raras exceções que duraram por pouco tempo como na França. A Lei não foi dada no Sinai. A lei sempre existiu desde a Criação no Éden.

 Deus não se cansa Is. 40:28. Cansaço é fruto do pecado e Deus não se cansa.

 Na mente dos fariseus o sábado era mais importante que o homem. Mas para Jesus não era assim. Não adiantava fazer o sábado na segunda, terça ou quarta, pois o homem ainda não tinha sido criado. Portanto assim que o homem foi criado – na sexta – logo se criou o sábado para benefício do homem. Jesus sempre se pautou nessa regra.

 Ex 19-20. O decálogo é definitivamente distinto de outras instruções ou informações civis ou cerimoniais dada por Deus a Moisés.

Quarta-feira: A Lei e os profetas

Qual é mais fácil: brincar com o filho por uma hora todos os dias (brincar mesmo), ou trabalhar todos os dias? Com certeza é muito mais fácil trabalhar que dedicar uma hora brincando com um filho, embora é mais precioso aos olhos de Deus o tempo que dedicamos a um filho do que um dia de trabalho. Nós seres humanos somos pautados por fazer coisas que se medem, palpáveis. A salvação é de graça, mas nós seres humanos queremos fazer coisas para sermos salvos. O filho quer o seu tempo, a sua pessoa, o seu coração e não a bicicleta que seu trabalho pode dar. Achamos que podemos compensar com presentes.

Assim é a salvação: achamos que guardar sábado, dizimar ou deixar de comer carne de porco pode contribuir na minha salvação. Isso é uma tremenda mentira, pois Deus quer é o seu coração e estas coisas (obras/trabalho) Ele faz por você e de graça. Os hebreus eram zelosos quanto a Lei, mas não o eram para serem salvos, pelos menos os que compreendiam a graça.

 Do início ao fim da vida cristã, a base da nossa salvação é a fé unicamente em Cristo. Aquele que buscar a Lei para ser salvo, cai da graça, desliga-se de Cristo (veja Gl. 5:4). O que pode sobrar para uma pessoa que cai da graça ou se desliga de Cristo? A resposta é: A perdição eterna.

 Abraão foi justificado pela fé e ele é um personagem do Velho Testamento.

 O tema da redenção era ilustrado no Antigo Testamento no sistema de sacrifícios. O sistema sacrifical do Antigo Testamento era um lembrete físico diário dos sofrimentos que Cristo suportaria em nosso favor.

Quinta-feira: A Lei na nova aliança

A Lei é um cerco de proteção. Ela não nos salva, mas tem o seu lugar e Deus não a menospreza.

 Anulamos, pois, a Lei pela fé? De maneira nenhuma! Antes confirmamos a Lei (Rm 3:31).

 Portanto, a Lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom (Rm 7:12).

 Que diremos, pois? É a Lei pecado? De modo nenhum! Mas eu não conheci o pecado senão por intermédio da Lei. Pois eu não conheceria a concupiscência se a Lei não dissesse: Não cobiçarás (Rm 7:7).

Conclusão

1. A Lei no Sinai foi dada a um povo que por mais de quatrocentos anos estavam presos/escravizados ao pecado diariamente. A promulgação da santa Lei de Deus e a maneira como foi dada, oportunizou esse povo a ver o poder do Grande Deus e a libertação do pecado que Ele poderia lhes dar;

2. A Lei de Deus é eterna, como eterno é nosso Deus;

3. O sábado é o selo de Deus entre Ele e seu povo em todos os tempos.

4. Os verdadeiros adoradores do Velho e do Novo Testamento sempre compreenderam que a salvação é pela graça independente das obras da lei.

Pr. Edson Bonetti
Pastor distrital na ANP

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

O supremo objetivo da vida

“E a vida eterna é esta: que Te conheçam a Ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” João 17:3

Na Bíblia, vemos uma linguagem variada para expressar a beleza da experiência da salvação em Cristo. Às vezes fé, noutras vezes o perdão e também a justificação além de outros termos. Porém, existe uma expressão que acredito ser a mais abarcante e específica ao mesmo tempo: conhecer Cristo. Não há nada tão sublime na vida de alguém do que conhecer Cristo.

O apóstolo Paulo parece ser o único a expressar isso tão veementemente. "Mas o que, para mim, era lucro, isto considerei perda por causa de Cristo. Sim, deveras considero tudo perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo para ganhar a Cristo." (Fp 3:7,8)

As coisas mais valiosas da vida não tinham nenhum valor para Paulo. Podemos aprender com isso. Dia a dia, hora a hora, momento a momento, nada pode ser maior que conhecer a Cristo. Esse deve ser nosso supremo objetivo da vida. É nesse relacionamento e convivência que seremos transformados e teremos a imagem de Deus restaurada em nós.

Na convivência e no desfrute é impossível perder o foco. Por isso, Paulo escreve em Filipenses 3:13 e 14: "Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus".

Paulo simplesmente reconhece que em sua própria experiência, ainda tinha muito a conhecer de Cristo e da santidade provinda desse conhecimento. O apóstolo tinha um propósito: avançar no conhecimento de Cristo. Não que ele só fizesse uma única coisa em sua vida, mas o essencial era crescer no conhecimento de Cristo.

Querido amigo, sempre haverá algo a mais a se conhecer de Cristo. É pena que muitos deixem que a rotina os distraia do que é essencial na vida. Às vezes, mesmo coisas importantes absorvem nosso tempo e o melhor de nossas energias. Mas, precisamos estabelecer corretamente nossa escala de valores: diante do conhecimento de Cristo, tudo o mais é perda.

Dica: Se para conhecer mais de Cristo, você precisa realizar menos, opte por conhecê-Lo mais. Se, para isso, você tiver que abrir mão de privilégios, receber menos elogios e ter menos histórias para contar, conheça-O mais. Desta vida só levamos o conhecimento.

Pr. Alexander Salles
Associação Paulista Leste - UCB

Recapitulando com sucesso - Lição 6

Assista mais um vídeo que apresenta suporte para os professores recapitularem a sexta lição que trata sobre Deus o Legislador. O objetivo do vídeo é oferecer aos docentes itens como contextualização dos temas e sugestão de atividades para envolver a classe.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Reforma cognitiva

“E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” Romanos 12:2

O que é Reforma? A escritora Ellen White define reforma como sendo o resultado de um genuíno reavivamento, como “uma reorganização, uma mudança nas ideias e teorias, hábitos e práticas.” (WHITE, Ellen G., Mensagens Escolhidas, vol. I, p.128). Isto nos leva a concluir que a mudança efetiva de nossos comportamentos passa pela transformação da nossa maneira de pensar.

Para Gideão ser poderosamente usado por Deus, foi preciso que primeiro ele tomasse uma corajosa atitude de reformar a sua própria família, derrubando o altar de Baal. Juízes 6:25
No caso de Elias, foi preciso que o altar do Senhor fosse restaurado. I Reis 18:30.

Creio que podemos identificar o que tirar e o que colocar em nossa maneira de pensar através do exemplo que Jesus Cristo nos deixou.

Jesus desenvolveu no mais alto grau a habilidade de direcionar a Sua mente para o foco correto. Isso O habilitou a gerenciar os Seus pensamentos, de tal maneira que, mesmo sendo “desprezado e o mais rejeitado entre os homens” Isaías 53:3., mesmo em momentos de extrema angústia e tensão, Sua emoção não era vítima das circunstâncias, os problemas e as frustrações não o controlavam nem o dominavam (CURY, Augusto. Análise da inteligência de Cristo – O Mestre do Amor, p. 62) e não permitia que nenhuma circunstância ou pessoa tirasse a Sua paz. (Idem, p. 43 )

Ele nunca deu lugar para pensamentos de baixa autoestima, pois sabia que o problema não estava com Ele, e sim com as pessoas que O humilhavam e O desprezavam, tanto que Ele orou: “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.” Lucas 23:34
Jesus sabia fazer muito do pouco (CURY, Augusto. Treinando a Emoção Para Ser Feliz, p.119). Ele tirava força da fraqueza, alegria da dor, sabedoria das injustiças, enfim, era feliz na terra de infelizes. (CURY, Augusto. Seja líder de Si Mesmo, p.107

Que a cada dia possamos fazer uma reforma e reorganização cognitiva em nossa mente, resistindo à melancolia e alimentando-a com as lembranças de como Deus tem sido maravilhoso em nossa vida!

Sigamos o conselho inspirado: “Recordemo-nos das misericórdias que Deus tem-nos mostrado – as lágrimas que Ele enxugou, as dores que suavizou, as ansiedades que aliviou, os temores que dissipou, as necessidades que supriu, as bênçãos que derramou. Dessa maneira, Ele nos fortalece para tudo o que se colocar à nossa frente no que resta de nossa jornada.” (WHITE, Ellen G., Esperança para Viver, p. 11)

Pr. Adilson da Cruz Ferreira
Associação Paulista Central – UCB

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Quando você sofrerá um derrame ou ataque cardíaco?

Você vai sofrer um derrame ou ataque cardíaco? Suas chances podem ser piores do que você imagina.

Homens e mulheres talvez tenham um falso senso de segurança sobre suas chances, baseadas nos atuais cálculos de risco para 10 anos. Uma nova pesquisa mostra que um jovem ou adulto de meia idade tem pouco risco em curto prazo, mas muito em longo prazo – se ele ou ela apresentarem um ou dois fatores de risco, como colesterol alto ou pressão alta.

Esse é o primeiro estudo que examina o risco durante a vida de doenças cardíacas em homens e mulheres brancos e negros. Estudos anteriores foram feitos com pessoas brancas e predominantemente com homens. Esse também é o primeiro a analisar a vida adulta inteira.

A pesquisa foi realizada com mais de 250 mil participantes, por um período de 50 anos. Os fatores de risco – pressão sanguínea, colesterol, tabagismo e diabetes – foram calculados nas idades de 45, 55, 65 e 75 anos.

Algumas das descobertas interessantes foram:

- Homens com 45 anos e com todos os fatores de risco ótimos têm 1,4% de risco de ter um ataque cardíaco ou derrame, ou outra forma mortal de doença cardíaca, enquanto aqueles com dois ou mais fatores de risco elevam a chance para até 49,5%.

- Já as mulheres com 45 anos com todos os fatores de risco ótimos têm chances de 4,1%. Se apresentarem dois ou mais fatores, as chances vão para 30,7%.

“Nós estamos dando informações incompletas se focarmos apenas nos próximos 10 anos de vida de uma pessoa”, afirma o principal investigador, Donald Lloyd-Jones. “Com apenas um fator de risco, a chance é bem grande da pessoa sofrer um problema cardiovascular que pode ser mortal ou diminuir muito sua qualidade de vida”.

O fator de risco era considerado ótimo quando o participante tinha um nível de colesterol menor do que 180 miligramas por decilitro e pressão sanguínea menor do que 12 por 8, não fosse fumante e não tivesse diabetes.

“Apenas um pequeno aumento no risco, um que não esteja na categoria ótimo, como o colesterol um pouco elevado ou pressão sanguínea um pouco elevada, muda significamente o risco de vida”, comenta Lloyd-Jones.

Outras descobertas interessantes:

- Mulheres têm um risco maior do que homens de ter um derrame, mas um risco menor de ataque cardíaco.

- Afro-americanos têm maiores fatores de risco, como hipertensão e diabetes, do que brancos.

“Esse estudo mostra a importância do estilo de vida – particularmente a alimentação, exercício e fumo – todos fatores importantes para reduzir os riscos”, afirma o membro do estudo, Jarett Berry.

“Nós precisamos fazer um bom trabalho para garantir que esses fatores de risco não se desenvolvam, para que crianças e adultos jovens comecem a se cuidar melhor, sem ganhar peso, e seguir um estilo de vida mais saudável”, afirma Lloyd-Jones. (Hype Science)

Nota: Certamente que o estilo de vida que a Igreja Adventista ensina faz toda diferença na longevidade do ser humano. Ellen White escreveu muito sobre saúde. Ela orientou, por exemplo, que "A alimentação deficiente, mal cozida, estraga o sangue, por enfraquecer os órgãos que o preparam. Isso desarranja o organismo, trazendo doenças, com seu cortejo de nervos irritados e mau gênio." A Ciência do bom Viver, 302. "Não obstante tudo quanto se diz e escreve sobre sua importância, existem ainda muitos que negligenciam o exercício físico. Muitos se tornam corpulentos porque o organismo está carregado; outros ficam magros e fracos por terem exaustas as forças vitais em dar conta de um excesso de comida. O fígado é sobrecarregado em seu esforço de limpar o sangue das impurezas, dando em resultado a doença." Idem, 240 e "O fumo é um veneno lento, perigoso, por demais maligno. Seja qual for a forma de utilização, atua na constituição; é o mais perigoso, porque seu efeito é lento..." Idem, 328. - Pr. Evandro Fávero

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Resumo da lição número 5 da Escola Sabatina

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT

Título: A Santidade de Deus

Texto-chave

“Exaltem o Senhor, o nosso Deus; prostrem-se, voltados para o Seu santo monte, porque o Senhor, o nosso Deus, é santo” (Sl 99:9, NVI).

Objetivos

1. Compreender a santidade de Deus e como esta santidade é revelada no Antigo e no Novo Testamento, na lei e testemunhada até mesmo pelas potestades das trevas.

2. Estudar o conceito correto da santidade bíblica como é apresentada nas escrituras e suas implicações na vivência cristã.

Verdade Central

Em um mundo dinâmico, marcado por constantes mudanças sociais e culturais, encontramos um conceito imutável nas escrituras: Deus é Santo! Nossa geração parece ter se esquecido desta verdade. Muitos não se preocupam mais em atender o celular na igreja ou navegar na internet enquanto o pregador apresenta a mensagem bíblica. No entanto, esse assunto requer nossa mais diligente atenção. A mensagem do primeiro anjo de Apocalipse 13, alerta para a verdadeira adoração e o temor a Deus como um princípio para aqueles que vivem no tempo do fim.

Domingo: “Está Escrito”

É impossível separar a mensagem do Antigo e do Novo Testamento. Alguns têm argumentado que o Deus revelado no Novo Testamento é diferente do que é revelado no Antigo. Essa não é uma posição aceita pelos adventistas do sétimo dia, nem é uma posição ensinada na Bíblia.

1. A expressão “Assim diz o Senhor” e “Está Escrito” aparecem constantemente no texto bíblico (Cf. Jer 7:1-3 e Mateus 4:4) dando autoridade à mensagem agregada e lembrando quem é o verdadeiro autor. Aquilo que o profeta escrevia era considerado a própria palavra de Deus.

2. Deus era considerado tão sagrado pelos escritores antigos que havia um instrumento de escrita exclusivo para se escrever o nome de Deus.

3. Será que hoje, temos dado a devida atenção ao que Deus escreveu através dos seus profetas? Como posso adorar a Deus se minha vida está em desacordo com aquilo que é a expressão de sua verdadeira vontade?

Segunda-feira: Ser Separado

É sábado e estamos saindo de nossas casas para a igreja. Ao escolhermos no guarda-roupa que gravata usar ou que vestido vestir, estamos separando estes itens dos demais? No conceito bíblico, poderíamos dizer, por uma questão didática, que estes itens tornam-se “santos” ou “separados”.

Pense em coisas ou pessoas que foram separadas pelo Senhor nas escrituras:

1. O Sábado

2. O povo de Israel

Deus destaca-se de todos os deuses adorados no passado e no presente. Ao vislumbrar os lampejos da glória deste Deus, Moisés lançou-se por terra e temeu. O profeta Isaías dedica boa parte de seus escritos tentando descrever a glória deste Deus. Pense e responda: Deus necessita de minha adoração para tornar-se santo ou esta característica está associada aos seus atributos naturais?

Muitos têm buscado a santidade no estilo de vida ou regime alimentar que adotam. Outros para sentirem-se mais santos isolam-se da sociedade passando a viver no campo onde há pouca ou nenhuma convivência humana. Mas a verdadeira santidade não vem de uma atitude voltada para o eu, mas é resultado de uma associação com Aquele que verdadeiramente é santo.

Terça-feira: Arrepender-se no pó e na cinza

Depois de suportar sofrimento desumano nas mãos de Satanás, Jó clamou: “Meus ouvidos já tinham ouvido a Teu respeito, mas agora os meus olhos Te viram. Por isso menosprezo a mim mesmo e me arrependo no pó e na cinza” (Jó 42:5, 6, NVI).

Todos os profetas que no passado estiveram na presença de Deus saíram desta experiência relatando sua pequenez diante do Senhor dos exércitos.

Porque será que muitos em nossos dias que afirmam ter um compromisso com o Senhor e expressam uma vida de constante presença divina, são tão munidos de auto- suficiência e sentimento de superioridade para com os demais? Como explicar esta contradição?

Quarta-feira: “Afasta-Te de mim!”

Após a pesca milagrosa ou quando o Senhor acalma o mar, a reação dos que estavam com Jesus era a mesma dos profetas do Antigo Testamento.

1. Quando foi a última vez em que você examinou atentamente sua natureza pecaminosa? Uma visão terrível, não é? Qual é sua única esperança, e por quê?

Quinta-feira: Quando demônios falam

Demônios, que são anjos caídos, se lembram de quem Jesus realmente é, e mesmo eles, em sua maldade, ódio e rebelião, são constrangidos a reconhecer Sua santidade. Observe, também, que eles temiam que Ele os destruísse. Por que tanto medo? Deve ter sido porque, sendo tão cheios de pecados, mesmo os demônios temem diante da santidade de Deus, até certo ponto da mesma forma que os seres humanos pecaminosos fazem.

1. Tenho reconhecido a santidade do Senhor?

2. Como na minha vida de adoração tenho demonstrado reconhecer esta santidade?

Conclusão

“Nosso coração é ímpio, e não o podemos transformar... A educação, a cultura, o exercício da vontade, o esforço humano, todos têm sua devida esfera de ação, mas neste caso são impotentes. Poderão levar a um procedimento exteriormente correto, mas não podem mudar o coração; são incapazes de purificar as fontes da vida. É preciso um poder que opere interiormente, uma nova vida que proceda do alto, antes que os homens possam substituir o pecado pela santidade. Esse poder é Cristo. Sua graça, unicamente, é que pode avivar as amortecidas faculdades da alma, e atraí-la a Deus, à santidade”. Caminho a Cristo, pág. 18.

Pr. Alex Escher
Departamental de Escola Sabatina da MOSR

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More