domingo, 9 de setembro de 2012

Resumo da lição número 11 da Escola Sabatina

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT

Título: Promessa aos perseguidos 

Texto-chave 

“Por isso, também não cessamos de orar por vós, para que o nosso Deus vos torne dignos da Sua vocação e cumpra com poder todo propósito de bondade e obra de fé”. (2Ts 1:11)

Objetivos 

1. Avivar a promessa da esperança da volta Cristo.

2. Entender que mesmo em meio à dificuldade o cristão pode ter esperança.

3. Viver aguardando o grande do resgate de Cristo.

Verdade Central 

Na segunda vinda de Jesus, os crentes serão resgatados pela intervenção espetacular de Deus em Cristo. A bendita esperança deve permear a vida do crente para que mediante as tribulações, a sua fé não desfaleça e sim, seja fortalecida.

Domingo: Saudações novas 

Esperança é a palavra chave da nossa existência e das nossas certezas, imagine um mundo sem esperança, incerto. Realmente sem esperança nada faz sentido. Qual é o fundamento da nossa esperança?

- Através da graça de Cristo, revelada no Seu amor por nós, podemos ter esperança e paz.

- Essa esperança precisa permear a vida do crente, este é o centro da fé cristã.

- Só compreenderemos a graça e paz que vem de Cristo quando temos um relacionamento íntimo com Ele, Paulo aproxima os crentes do Pai através do Filho que eles já conheciam e que veio ao mundo para mostrar o Pai. João 1:18

Segunda-feira: Ação de graças de Paulo 

Quantas vezes já agradecemos pelas pessoas que nos rodeiam? Será que o nosso amor uns pelos outros tem crescido? Como agradecer quando tudo parece difícil?

- Gratidão é o resultado de compreender o amor de Deus e vivê-lo com as pessoas ao nosso redor.

- Uma igreja sadia cresce com o relacionamento de amor a Deus e aos irmãos.

- As dificuldades passadas pelos crentes os conduziam ao relacionamento mais íntimo com Deus e fortaleciam a sua fé.

Terça-feira: Sofrimento como sinal do fim 

Não há maior sofrimento como o que Cristo suportou por nós. Alguns dizem que quando sofremos nos tornamos um pouco mais semelhantes a Cristo, será que o sofrimento é um sinal de estar do lado de Cristo ou de Satanás? Como devemos reagir aos sofrimentos?

- O sofrimento não provém de Deus, é conseqüência do mundo pecaminoso, mas o suportar o sofrimento fortalece a fé e pode ser a base da alegria futura, evidência prática que estaremos ao lado de Jesus quando Ele voltar.

- Em Mateus 24:13, “aquele que perseverar até o fim será salvo”. Nada melhor do que termos a certeza que depois do choro vem a alegria, depois das dificuldades virão as recompensas de Deus.

- O juízo de Deus não falha, a injustiça não durará para sempre, todos serão julgados conforme suas obras, alguns terão o seu galardão e outros o seu castigo.

Quarta-feira: Fogo e destruição 

Como um Deus de amor destruirá as suas criaturas? Como é possível conciliar amor com juízo?

- A lei do semear e ceifar de Gálatas 6:7 vem de encontro ao nosso tema. Todas as escolhas e decisões em nossa vida geram conseqüências, se vivermos uma vida de pecado, será morte; se vivermos uma vida de vitória sobre o pecado teremos a vida eterna.

- O mal nunca foi o plano de Deus e se faz necessário destruí-lo, pois, esse não foi o propósito da criação de Deus. O amor de Deus é revelado ao universo através da destruição do mal, permitindo que o homem viva a eternidade do bem.

Quinta-feira: Glorificando a Cristo (2Ts 1:10-12) 

O fim revelado apresenta o amor de Deus em recompensar os seus e a sua justiça em trazer as conseqüências àqueles que O rejeitaram, esse será o maior evento da história. A grande pergunta é como estarmos preparados neste grandioso dia? A vinda de Jesus o assusta ou traz esperança?

- A justiça de Deus será revelada através da extinção dos ímpios.

- Toda a perseverança até a volta de Cristo encontrará sentido e valerá a pena neste dia.

- Devemos nos preparar, porque se neste dia estivermos salvos, revelaremos ao universo que valeu a pena o sacrifício de Cristo por nós e glorificaremos o Seu nome pela nossa decisão e perseverança.

Conclusão 

1. Uma igreja sadia cresce com o relacionamento de amor a Deus e aos irmãos.

2. Não importa quais sejam as nossas lutas hoje, em breve Cristo nos resgatará e teremos a grande recompensa.

3. O amor de Cristo se revela através da sua justiça, os humilhados serão exaltados e os exaltados serão humilhados. “Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo”. Mateus 24:13

Pr. Fernando Brasil 
Pastor do Distrito de Matinhos/PR, pertencente à ASP

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More