sexta-feira, 6 de julho de 2012

Fruto do testemunho

“Porque estas coisas, existindo em vós e em vós aumentando, fazem com que não sejais nem inativos, nem infrutuosos no pleno conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo.” 2 Pedro1:8

O apóstolo Pedro, enfatizando sobre o crescimento cristão em sua segunda epístola no capítulo 1 versos de 3 a 11, aborda a necessidade de conhecimento que resulta em uma vida frutífera e ativa na obra do Senhor.

Deus tem derramado sobre nós as Suas bênçãos e todas as coisas que conduzem à vida, por isto há motivo de gratidão. É maravilhoso saber que o conhecimento do Evangelho nos faz viver uma vida transformada, feliz e com sentido.

“O Evangelho de Cristo é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê.” Rm 1:16 Como o cristão pode viver na inatividade tendo o conhecimento de Cristo, que viveu Sua vida para servir? Os frutos do Espírito Santo fazem com que ele tenha bondade, amor, seja uma pessoa alegre, feliz e, sobretudo, testemunhe do grande amor de Deus. Só uma visão ofuscada do Evangelho de Cristo pode levar a uma experiência infrutífera na obra do Senhor.

 É tempo de Jesus voltar, e nossa grande necessidade hoje é ter mais fé, mais esperança, mais amor por essa missão tão grandiosa e sagrada. O conhecimento de Cristo sem uma vida de compromisso com a missão leva ao fanatismo, faz um crente apenas cumpridor de normas e regulamentos sem amor pelas almas por quem Cristo deu a Sua vida. Conhecer Cristo nos faz ver Sua graça salvadora, Seu amor incomensurável e descomunal.

“O precioso tempo está passando rapidamente, e há perigo de que muitos serão roubados do tempo que deveria ser dado à proclamação das mensagens que Deus enviou a um mundo caído. A Satanás agrada ver a distração das mentes que deveriam estar empenhadas no estudo das verdades que têm que ver com realidades eternas”. MM 1977, p. 158 EGW.

O conhecimento de Cristo é a base de um cristianismo comprometido, pois a essência da vida cristã está em conhecer Jesus. Testemunhar é comprometer-se, é viver, é doar-se. Precisamos da renovação da mente, propósito, estudo e de ideais. Jesus não nos resgatou para vivermos na indolência espiritual.

Falar do Evangelho é falar de uma pessoa, de Jesus. Se você conhece Jesus sua vida será um manancial de bênçãos, será um poder no testemunho, e haverá razão e alegria de testemunhar. Pedro diz que o cristão que procura confirmar sua vocação e eleição estará mais seguro e evitará tropeçar. A melhor maneira de se preparar para o reino de Deus é trabalhando para Ele.

Que o poder do Espírito Santo nos faça ter mais discernimento de Cristo para testemunhar da Sua graça e maravilhosa salvação.

Pr. Reginaldo Braga de Carvalho 
Associação Maranhense - UNB

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More