segunda-feira, 18 de junho de 2012

Resumo da lição número 12 da Escola Sabatina

 
CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT

Título: Avaliando o Testemunho e o Evangelismo 

Texto-chave:

“Como brinco de ouro e enfeite de ouro fino é a repreensão dada com sabedoria a quem se dispõe a ouvir” (Pv 25:12, NVI). 

Objetivos: 

1. Destacar a necessidade de se avaliar os resultados congregacionais.

2. Entender como a avaliação auxilia no crescimento espiritual do cristão.

3. Proporcionar a reflexão sobre como a igreja local tem usado a avaliação como ferramenta útil na projeção de crescimento.

Verdade Central 

A avaliação permite reconhecer o nível de desenvolvimento espiritual e missional de um cristão ou de uma congregação.

Domingo: Por que avaliar?

O que aconteceria se a igreja não avaliasse o perfil de seus líderes ou até mesmo seus propósitos missionários?

-Deus espera que as orientações bíblicas sirvam como referencial de avaliação para a igreja, seja nos critérios pessoais ou congregacionais.

-Uma igreja que não considera sua missão à luz da expectativa divina corre um sério risco de perder sua relevância espiritual.

Segunda-feira: Avaliando de maneira cordial

Qual é o impacto que uma avaliação desequilibrada pode provocar num grupo de voluntários?

-As avaliações devem reconhecer os aspectos positivos e negativos.

-Quando se avalia algo, é necessário observar dois elementos de maneira equilibrada: os processos envolvidos e os resultados obtidos.

-Qualquer avaliação deve promover o crescimento em amor e boas obras.

Terça-feira: O que o Senhor pede

As pessoas podem avaliar nossa espiritualidade a partir do nosso comportamento?

-Deus espera que nosso amor por Ele se expresse através de uma vida de fidelidade e obediência aos seus mandamentos.

-No processo de evangelismo e testemunho, devemos salientar, em primeiro lugar, a importância de um relacionamento vivo e dinâmico com Deus.

-Os novos discípulos de Cristo devem entender que o comportamento é transformado, quando se ama verdadeiramente ao Senhor.

Quarta-feira: Avaliando para o crescimento espiritual

Qual é o propósito de nossa igreja em estabelecer o quadro dos Pilares da Esperança? Como isto se relaciona com o crescimento espiritual?

-Oração, intercessão, estudo da Bíblia e testemunho são disciplinas espirituais que demonstram nosso compromisso com o Senhor.

-Um cristão envolvido com as disciplinas espirituais básicas tende a crescer continuamente na graça e no conhecimento de Jesus Cristo, frutificando em amor e boas obras.

Quinta-feira: Avaliando para o crescimento da igreja 

Considerando os últimos três anos desta congregação, pode-se dizer que ela está crescendo? Se não, o que podemos fazer para fazê-la crescer?

-Uma igreja que cresce compreende bem sua missão e sua doutrina.

-Uma igreja que cresce conquista continuamente novos discípulos para o reino de Cristo.

-Uma igreja que cresce colabora com o estabelecimento de novas congregações.

Conclusão

1. A Bíblia apresenta referenciais para uma avaliação pessoal e congregacional.

2. Avaliar de maneira equilibrada promove a reflexão e o estímulo para o crescimento em amor e boas obras.

3. Ao avaliar o crescimento de uma congregação deve-se considerar: (a) crescimento espiritual (disciplinas espirituais); (b) crescimento numérico (número de novos discípulos) e; (c) crescimento geográfico (novas congregações estabelecidas).

Pr. Wellington Barbosa – Associação Sul Paranaense

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More