domingo, 6 de maio de 2012

Resumo da lição número 6 da Escola Sabatina

 
CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT


Título: Evangelismo Pessoal e Testemunho

Texto Chave: 

“’Vocês são Minhas testemunhas’, declara o Senhor, ‘e Meu servo a quem escolhi’” Isaías 43:10 

Objetivos 

1.    Entender que nosso relacionamento pessoal com Jesus influencia diretamente o sucesso do nosso testemunho pessoal. 

2.    Reconhecer que aqueles com quem interagimos pessoalmente são o nosso campo missionário pessoal. 

3.    Compreender que Deus não deseja usar somente os qualificados, mas sim, os que estão dispostos a serem usados, sejam quais forem seus dons e talentos. 

Verdade Central 

A alegria de viver uma experiência de vida transformada e de esperança em Cristo nos motivará a compartilhar a mensagem de salvação no âmbito pessoal. 

Domingo: Meu Deus e eu 

Em Atos 4:13 nos diz que os membros do Sinédrio reconheceram que Pedro e João haviam “estado com Jesus”. Por que isso era algo importante? O que isto tem a ver com o testemunho pessoal?  

 A menos que tenhamos uma experiência real e transformadora com Deus, não estaremos em condição de testemunhar poderosamente. 

Segunda-feira: Meu campo missionário pessoal 

Você já recebeu uma boa notícia, presente ou algo que muito esperava? Como você se sentiu? Com quem compartilhou? Leia João 1:41,45. Como podemos entender como funciona o testemunho pessoal? 

Ø  Os momentos alegres e marcantes de nossa vida nos levam a compartilhar a alegria com os mais próximos (ex: as parábolas da dracma perdida, ovelha perdida e do filho pródigo). 

Ø  Perceba que André e Filipe, após terem encontrado o Messias, realizaram naturalmente aquilo que chamamos de testemunho pessoal. 

Terça-feira: Meu potencial pessoal 

“Conheci uma senhora, muito simples e analfabeta, mas muito apegada com Deus. Ao conversar com ela percebi algo de muito especial. Ela tinha intimidade com Deus. Apesar de não saber ler, conhecia e recitava inúmeros versos bíblicos que lhe davam esperança, e falava muito sobre sua vida de oração. Senti-me inspirado ao visitar-lhe, e motivado a buscar um relacionamento assim com Deus”.

Para refletir: Não tenho muitos dons e talentos, não sou muito bom em me relacionar, então, como posso ser uma inspiração para outros? De onde a senhora humilde tirava poder? 

Ø  A Bíblia nos revela que Deus não está necessariamente procurando os mais qualificados, e sim, os que estão dispostos a ser usados, sejam quais forem seus dons e talentos. 

Quarta-feira: O testemunho de uma vida justa 

O poder de Jesus em seu ministério, ensinamentos e sermões, vinha de uma profunda coerência entre palavras e ações. Há um estudo sobre a comunicação que diz que: 7% se comunica por palavras e os 93% restantes pelas ações. Isto quer dizer que a coerência fala alto.

“Havia um homem muito interessado em ensinar e dar estudos bíblicos. Em um ano, estudava com pelo menos 20 pessoas. Mas algo muito estranho acontecia. Apesar de todos estes estudos, ninguém se convertia e muito menos se batizava”. Qual seria a dificuldade deste homem? Como Mateus 5:16, pode nos ajudar nesta resposta? 

Ø  Muitas vezes somos incoerentes em nossas ações, de tal forma que nossas palavras são anuladas por nossa forma de viver. Isto deve nos levar a refletir profundamente em qual tem sido nossa experiência. 

Ø  Quando deixamos que a luz de Deus brilhe em nós, reunimos todas as possibilidades de ajudar a conduzir os perdidos para o reino de Deus. 

Quinta–feira: Contribuição parcial para o programa total 

Por certo você já ouviu aquele ditado popular que diz “de grão em grão a galinha enche o papo”. No que tange a missão da igreja de levar o evangelho a todo o mundo, isto também é verdade. Nosso testemunho pessoal contribui para o evangelismo global da igreja.

Leia I Coríntios 3:4-9. O que estes versos ensinam sobre nossa contribuição para o programa total da igreja? Onde entra o testemunho pessoal? 

Ø  “Pois, no caso, é verdadeiro o ditado: Um é o semeador, e outro é o ceifeiro”. João 4:37. 

Ø  É importante notarmos que todos nós temos nossa contribuição pessoal no que diz respeito à missão global da igreja. 

Conclusão 

1.    A chave para um testemunho pessoal poderoso está num profundo relacionamento com Deus, e na contemplação contínua da graça de Cristo. 

2.    Quanto mais vívida for nossa experiência com Deus, mais contagiante e motivador será nosso testemunho para aqueles que nos cercam e fazem parte de nossa rede de relacionamentos. 

3.    Deus quer usar a todos àqueles que simplesmente estão dispostos a contribuir com a missão de pregar o evangelho a todo o mundo.


Pr. Joani Alves Ferreira Júnior
Pastor do Distrito de Lapa/PR, pertencente à Associação Sul Paranaense

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More