domingo, 29 de abril de 2012

Resumo da lição número 5 da Escola Sabatina

 
CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT

Título: Evangelismo e Testemunho Sequenciais 

Texto-chave 

“Dei-lhes leite, e não alimento sólido, pois vocês não estavam em condições de recebê-lo. De fato, vocês ainda não estão em condições”. I Coríntios 3:2

Objetivos 

1. Saber a importância de apresentar o evangelho de maneira sequencial: 1º. Apresentar um evangelho simples baseado no relacionamento e 2º. Prosseguir no conhecimento que leva ao comprometimento.

2. Sentir empatia pelas necessidades físicas e espirituais das pessoas.

3. Promover um ambiente de estímulo e proteção para o crescimento da semente do evangelho naqueles a quem ministramos.

Verdade Central 

No evangelismo e testemunho, é importante que primeiramente apresentemos a verdade simples do evangelho.

Domingo: Evangelismo Sequencial e Necessidades Sentidas 

Antes de pregar o evangelho, devemos saber do que as pessoas sentem necessidade. Veja o que Jesus fazia às pessoas antes de chama-las ao Reino de Deus.

O que Jesus fazia quando era solicitado pelas pessoas? Lucas 9:11

 1º. Curava as pessoas (supria sua necessidade física).

 2º. Falava-lhes do Reino de Deus (supria sua necessidade espiritual, mesmo que elas mesmas não percebessem que tinham esta necessidade).

Afirmações:

 Seguindo o modelo de Cristo, com certeza teremos êxito ao pregar o evangelho às pessoas.

 Procurar saber quais são as necessidades das pessoas e, na medida do possível supri-las, é a primeira coisa a fazer.

 Após demonstrarmos nosso amor por elas ajudando-as em suas necessidades físicas ou materiais, teremos um coração aberto para receber o evangelho.

Segunda-feira: Leite e Alimento Sólido 

Por que Paulo fala em “leite e alimento sólido” para a igreja em Coríntios 3:1 a 3?

 Porque a Igreja de Corinto não se desenvolveu o suficiente a ponto de receber verdades mais profundas por parte de Paulo.

 Paulo não pregaria sobre os temas mais profundos enquanto as pessoas não tivessem maturidade espiritual suficiente para entendê-los e responder a eles.

 De igual forma, hoje, devemos levar as pessoas a se entregarem a Cristo apresentando-lhes um evangelho simples (leite) e, depois, à medida que vão recebendo verdades mais profundas (alimento sólido), suas vidas vão sendo transformadas.

Jesus não apresentava toda a verdade de uma só vez porque nem todos estavam preparados para receberem aquelas verdades.

Você já ouviu estas frases: “Ah! Eu falo a verdade doa a quem doer!” ou “A verdade foi feita pra ser dita!”?

Muito cuidado: Não era assim que Jesus fazia ou agia. É mais seguro seguir o exemplo dEle. Tudo a seu tempo. Uma verdade dita fora de tempo pode causar mais mal do que bem.

Terça-feira: Verdades Decisivas 

Uma Verdade Decisiva é um ensino bíblico que, uma vez compreendido, desafia a pessoa a fazer mudanças significativas em suas crenças pessoais ou em seu estilo de vida.

Na sua opinião, o que deveríamos desafiar as pessoas a fazer: aceitar a Cristo como Senhor de suas vidas ou santificar o dia de Sábado como dia de Descanso?

 Antes de levar as pessoas a fazerem coisas por Cristo, elas precisam, primeiro, conhecer e amar a Cristo.

 Uma vez que conhecemos a história bíblica e entendemos o que realmente Cristo fez por nós, passamos a amá-Lo.

 Uma vez que O amamos, a obediência à Sua vontade será automática, natural e voluntária. Portanto, a primeira verdade decisiva que uma pessoa tem de aceitar é a de que existe Alguém que a ama e fez de tudo para que ela tenha uma vida melhor, tanto aqui como no futuro (eternidade).

Quarta-feira: Medindo o Crescimento Espiritual 

Como medir o crescimento espiritual de uma pessoa?

 Uma verdade transmitida não significa mudança de vida. Há pessoas que podem receber muita informação a respeito de uma verdade de Deus e não serem influenciadas por esta verdade. E o problema não está com esta verdade apresentada.

 Fazer perguntas é uma forma importante e eficaz para avaliar a compreensão e o crescimento espiritual das pessoas. Ex: Em sua opinião, o que você acha que Deus está querendo dizer a você neste verso? Você acha que Deus quer que nós abandonemos isto que Ele diz ser maléfico à nossa saúde? Diante do que aprendemos hoje, que mudanças você acha que precisa fazer em sua maneira de viver? Você gostaria de pedir a Deus que o(a) ajude a pôr em prática o que aprendeu hoje?

 Perguntas ajudam as pessoas a repensar seus pontos de vista em comparação às verdades da Palavra de Deus e a tomarem a decisão pela verdade.

Quinta-feira: Preparando uma Colheita 

Como uma horta, assim também são as pessoas que estamos levando ao conhecimento das verdades de Deus. Para que se tenha uma colheita é preciso:

• Preparar o solo
• Lançar a semente
• Regar a semente
• Tirar as ervas daninhas
• Proteger das aves e pragas do jardim

Em outras palavras:

• Aproximar-se dos(as) nossos(as) amigos(as) que queremos levar a Cristo
• Convidá-los a lanchar conosco, passearmos juntos, envolver-nos com eles
• Interessar-se por ele(a) e por seus problemas
• Orar por ele(a) e dizer que estamos orando por ele(a)
• Começar a falar algo de Jesus, dizer-lhes o que Jesus fez por nós
• Oferecer-lhes um DVD, um livro, um estudo bíblico para juntos estudarmos
• Convidá-los a irem conosco à igreja em uma programação especial
• Manter uma sequencia de estudo e visitação ao(a) nosso(a) amigo(a)
• Alimentá-la até que se torne madura (batismo) e frutífera (discipulado)

A alegria e a satisfação de conduzir uma pessoa em seu aprendizado e crescimento da Palavra de Deus é algo que só os que já fizeram ou fazem isto sabem o que é.

Só quem já escalou uma montanha sabe o que é poder ver o que tem do outro lado: um oceano, uma cordilheira, uma selva ou o horizonte.

Conclusão 

Pregar o evangelho é um dos maiores privilégios que Deus nos deu.

Ele poderia mandar os anjos fazerem isso e teria um ótimo resultado, mas delegou a Seus filhos esta tarefa.

Um médico voltava para casa depois de um dia de muito trabalho. No caminho viu um cachorro “pesteado”. Dava para contar os pelos e as costelas no pobre coitado.

Colocou o cachorro em seu carro e ao chegar em casa a esposa pergunta: “Você não tinha algo melhor pra trazer para seus filhos? Podia ter trazido um Lhasa Apso ou algo parecido”.

O médico liga para um amigo veterinário que lhe diz o que fazer e que medicamentos comprar para o “pesteadinho”. Em pouco tempo aquele cachorrinho “pesteadinho” era uma bolinha de pelos, a coisa mais linda do mundo.

Era a diversão dos 3 filhos daquele médico. Até que um dia as crianças deixaram o portão aberto e o “ex-pesteadinho” fugiu.

O médico chega em casa e vê o choro e a tristeza estampada no rosto de cada um dos filhos. “O que aconteceu?” – pergunta ele.

O cachorrinho foi embora. “O que?” - diz o médico. “Depois de tudo o que eu fiz por ele? Tirei ele das ruas, dei comida, curei suas feridas, dei remédio, gastei dinheiro e é assim que ele retribui?”

Horas depois ouviram um barulho de arranhões no portão. Todos correm e quando abrem o portão, quem está lá diante deles? O cachorrinho “ex-pesteadinho”. E atrás dele mais 3 cachorrinhos “pesteadinhos”.

Aquele cachorrinho sabia onde tinha um médico que ajudava cachorrinhos “pesteados” e foi atrás de seus amigos “pesteadinhos”.

Lição: Você e eu somos o cachorrinho pesteadinho que um dia estava jogado nas ruas da vida e do pecado. O grande médico Jesus nos acolheu, curou nossas feridas e nos deu um novo sentido na vida. Agora ele espera que você e eu possamos ir atrás dos outros “pesteadinhos” pelo pecado e o tragamos ao Grande Médico Jesus.

Ao pensar em evangelizar alguém devemos considerar:

1. Dê preferência aos amigos. É mais fácil. Você já os conhece

2. Siga a sequência: do evangelho simples às verdades mais profundas.

Pr. Sandro Santos 
Pastor do Distrito de Cianorte/PR, pertencente à Associação Norte Paranaense

1 comentários:

Acompanhei o estudo pelo aplicativo no meu celular. Muito edificante e esclarecedor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More