sábado, 5 de novembro de 2011

Homens de segunda milha

“Se alguém te obrigar a andar uma milha, vai com ele duas.” Mateus 5:41

Havia uma lei entre os romanos, que um soldado do Império tinha o direito de obrigar um cidadão comum em tempos de guerra a carregar-lhe os apetrechos para a peleja.

A lei exigia que o cidadão deveria andar pelo menos uma milha (1.000 passos, ou em média 1,5 Km) e dar a sua capa para proteger o soldado do sol (Luc. 6:29).
Jesus expressou uma atitude comum de seus dias para ensinar uma lição espiritual.

O cidadão comum andava os 1.000 passos que a lei requeria e pronto, sentia-se então desobrigado. No entanto, Jesus afirma que o cristão deveria ir além do necessário, deveria andar uma segunda milha, mais 1000 passos.

O que faz apenas o mínimo, jamais estará pronto para o máximo. É necessário ir além do óbvio. Andar a segunda milha é estar disposto a não se acomodar. É viver acima da mediocridade. É estar disposto a fazer mais do que se pede.

Na Bíblia encontramos exemplos práticos do que é andar a segunda milha. Um desses exemplos é o de Moisés. Ele andou a segunda milha quando arriscou a própria vida em favor do povo de Israel.

Depois de ter passado 40 dias no Sinai, ao voltar, encontrou o povo corrompido, adorando um bezerro de ouro. O povo havia trocado o verdadeiro Deus por uma escultura. Demonstrando um amor profundo pelo povo apóstata, Moisés orou: “Agora, pois, perdoa-lhes o pecado; ou, se não, risca-me, peço-te, do livro que escreveste”. Êx. 32:32. Moisés estava andando a segunda milha.

Estava indo além do esperado. Estava arriscando a própria vida em prol de um povo que já havia intercedido dezenas de ocasiões anteriores. Não hesitou interceder mais uma vez, andou a segunda milha em prol de Israel, mesmo que isto viesse a lhe custar à própria vida.

Contudo, o exemplo supremo de abnegação é o de Cristo. Ele andou a segunda milha quando carregou os nossos pecados até o ponto mais probante que poderia suportar. Ele foi além do necessário, além do óbvio. Ele carregou muito mais do que o peso das armas de um soldado por uma milha (1000 passos). “Ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobe si...”. Isa 53:4.

Ele deu muito mais do que 1000 passos em favor de uma alma. Seus pés calejados eram a prova de que nenhum esforço foi medido para que pessoas fossem resgatadas das trevas para a luz. Andou a segunda milha em favor de Maria Madalena para tirá-la da prostituição. Andou a segunda milha em favor de Jairo para salvar a sua filha. Andou a segunda milha em favor do endemoninhado de Gadara para tirá-lo da opressão de Satanás. Andou a segunda milha em favor de Zaqueu para apresentar-lhe que o tesouro celestial é superior ao tesouro terreno.
Cristo andou a segunda milha até a cruz e só não andou mais porque ali era o ponto final. Não havia mais milhas para andar, pois andou todas as milhas por amor a mim e a você.

Conta-se que no século passado, certo dia, um grupo de homens reuniu-se de manhãzinha para orar. Um deles disse a seus companheiros: "O mundo ainda está esperando ver o que Deus pode fazer por meio de um homem inteiramente consagrado a Ele." Um dos jovens meditou nessas palavras e disse: "Pela graça de Deus eu serei aquele homem."

Como conseqüência, o jovem Dwight L. Moody visitou quase todas as cidades importantes da América pregando e levando a cabo dois grandes esforços evangelísticos na Inglaterra. Um autor afirma que pregou a mais de cem milhões de pessoas. Outros dizem que orou pessoalmente com 75.000. Passou quase 10.000 dias e noites em reuniões em um estupendo esforço que durou mais de 25 anos. Tudo isto sucedeu porque Moody decidiu ser "aquele homem", porque dedicou sua vida a ser um homem de segunda milha.

Deus precisa de homens de “segunda milha”. Estamos nos aproximando do evangelismo via satélite e somente pessoas que estão dispostas a ir além, provarão da benção de ver almas resgatadas pelos passos daqueles que não mediram esforços na tarefa de salvar vidas. Faça mais do que o comum, se entregue completamente como instrumento nas mãos de Deus e veja os ilimitados recursos da graça à transformar corações.

Pr. Everon Donato
Ministério Pessoal – DSA

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More