sábado, 6 de agosto de 2011

Castigos que não merecemos

“Quando somos castigados, no momento o castigo nos parece motivo de tristeza, e não de alegria. Porém, mais tarde, os que foram corrigidos por esse castigo recebem como recompensa uma vida justa e de paz.” Hb 12:11 (BLH).

Na vida do cristão a correção é um fato comum. Porém, muitas vezes não conseguimos ver o Sol que brilha além das nuvens escuras. Em nossa vida particular, na vida de grupos de pessoas, na vida de igrejas ou nações, há incidentes difíceis e dolorosos, mas que trazem sentimentos de solidariedade e simpatia, comovendo e aproximando pessoas.

A vida é mais ou menos um período de castigos, tornando-se uma verdadeira escola. Há ocasiões que entendemos logo a causa e a finalidade do castigo ou correção, outras vezes não conseguimos ver.

O problema é que ao arrazoarmos sobre o motivo de determinada tragédia, podemos correr o risco de pôr em dúvida o trato do Senhor conosco. No momento só podemos ver um lado do quadro. A fé deve guiar o cristão pelo labirinto da vida, até que na pátria celeste, possamos ver o outro lado desse quadro.

Mesmo que no presente a aflição seja dura de suportar, devemos entender que o Pai só permite o que sabe ser o melhor para Seus filhos.

Na Bíblia o caso de Jó é relatado para que possamos ser animados. Diz a Bíblia: “Ele era bom e honesto, temia a Deus e procurava não fazer nada que fosse errado.” Jó 1:1. Mesmo assim, ele foi severamente provado. Seus amigos foram péssimos consoladores. Porém, em todos os sofrimentos Jó manteve firme sua confiança em Deus, e viu recompensada sua fé. Passada a prova, Deus deu o dobro do que possuía antes.

É possível que ao ler essas linhas, você esteja passando por dificuldades, problemas, lutas pessoais, financeiras ou espirituais.

Mas, lembre-se que é nos pedaços tristes da vida, que devemos aprender a olhar para além das nuvens negras e assim pela fé contemplar o Sol brilhando.

Porque através dos castigos imerecidos ou das correções, podemos ter uma visão maior da glória e poder de Deus em nossa vida.

Para cada um de nós a garantia é: “Não fiquem com medo, pois eu estou com vocês; não se apavorem, pois eu sou o seu Deus. Eu lhes dou forças e os ajudo; eu os protejo com forte mão.” Is 41:10. Feliz semana!

Pr. Thomas Kloppe
Distrital em Araquari – SC.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More