quinta-feira, 23 de setembro de 2010

As três dimensões do compromisso cristão

“Então, disseram uns para os outros: Não fazemos bem; este dia é dia de boas-novas, e nós nos calamos; se esperarmos até à luz da manhã, seremos tidos por culpados; agora, pois, vamos e o anunciemos à casa do rei”. 2 Reis 7:9

Os leprosos dessa história estavam vivendo o momento mais importante de sua vida, pensavam que seu mundo incluía apenas os quatro e, por uns instantes, acreditavam que estavam agindo bem, até que um entre eles refletiu: “Não fazemos bem”.

Mais de uma ocasião encontrei alguém que me disse: “Pastor, não estamos fazendo bem”. Necessitamos estar comprometidos com uma causa correta. O ser humano, desde o momento do nascimento até a sua morte está comprometido com algo ou com alguém. O compromisso é inerente ao homem, faz parte de nosso viver diário. A seguir, apresento as três dimensões do compromisso cristão: O compromisso de crer, de compartilhar e de viver.

1. O compromisso de crer no evangelho: Ouvir uma notícia nos deixa comprometidos a agir. O que está em perigo e sabe que encontrou um meio de escape tem maior culpa diante do que ignora tal condição. Portanto a importância de crer no evangelho.

2. O compromisso de compartilhar: O que ouve tem a necessidade e o dever moral de compartilhar a notícia.

3. O compromisso de viver o evangelho: Não podemos dar o que não temos. Não é possível anunciar sem primeiro esse evangelho se tornar carne em nós.

Os quatro leprosos compreenderam o compromisso de crer, compartilhar e viver a notícia. Um dos quatro fez com que os outros três refletissem: “Não fazemos bem”.

Responda se você realmente crê na mensagem que prega. Você está compartilhando essa notícia? Por fim, pergunto-lhe se você está vivendo o que prega.

Pr. Martín Diaz

Misión norte oriental- UPN

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More