sexta-feira, 30 de julho de 2010

Sem fé é impossível agradar a Deus

De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam.
Hebreus 11:6

Eu estava batizado havia pouco tempo, no ano de 1980, em Belo Horizonte. Fui passar alguns dias com um casal muito dedicado da família Storch, um irmão do Pr. Durval Storch de Lima que, com sua esposa, moravam na Cidade de Campanha, Estado de Minas Gerais. Foi uma experiência inesquecível.

Quando eu estava regressando, o casal me deixou à beira da estrada para apanhar um ônibus que me levaria a Varginha. Eles estavam preocupados comigo, e me advertiram para não perder o último ônibus que passaria às 18h. Aquele lugar era muito perigoso. Assim, aguardava ansiosamente pelo referido transporte. Como não havia chegado no horário previsto, afastei-me um pouco do acostamento da rodovia e, num lapso de tempo, o pior aconteceu. O tão aguardado ônibus passou e eu havia ficado para trás.

A sombra da noite já se aproximava e trazia consigo o temor de permanecer num lugar tão inóspito. Tentei uma carona e nenhum automóvel sinalizava que me socorreria naquele momento. Fiz uma rápida oração e ninguém parava para me atender. Refleti um pouco e cheguei à conclusão de que minha oração não tinha sido ouvida. O certo é que eu havia feito uma oração muito formal. Afastei-me novamente e confessei a Deus que não havia sido sincero ao fazer aquela oração. Pedi perdão e orei com fervor, sentindo a presença de Deus na minha vida; voltei à beira da estrada, e avistei um carro enorme que transportava combustível. Não estendi a mão porque me disseram que esse pessoal não pode dar carona, e já era mais de 19h.

Mas, para minha surpresa, aquele carro de dezoito pneus parou na minha frente. O motorista baixou o vidro da porta esquerda e perguntou: “Moço, você sabe como chegar a Varginha?” Estou indo pra lá! “Então suba”, disse o motorista, e logo perguntou: “Qual é a rota para Varginha?” Eu não sei, disse, mas, adiante veremos uma placa indicando a direção. O motorista sorriu. Aproveitei a oportunidade, falei da minha oração e como Deus me havia respondido.

Eu esperava que parasse apenas um carro com quatro pneus, e Deus fez parar um carro tanque com dezoito rodas! É, eu precisava acreditar que Ele tem muito mais a nos conceder quando oramos com simplicidade, sinceridade e fé. “Ora, Àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós, a Ele seja a glória, na Igreja e em Cristo Jesus, para todas as gerações, para todo o sempre. Amém!”

Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós, Efésios. 3:20.

Pr. Renato Pereira da Costa
Associação Baixo Amazonas - UNB

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More